esposajesus

Santo Afonso Maria de Ligório

Ao Pio Leitor

Compelido pelo desejo da perfeição das religiosas a quem tenho prestado os serviços do sagrado ministério; e instado de um modo particular pelas Concepcionistas de que sou Capelão há muitos anos, abalanceime a fazer esta tradução, para lhes dar satisfação. Pelo acúmulo de trabalhos em que sem-pre me achei envolvido, comeceia com pouca esperança de concluíla. Como, porém, as circunstâncias vieram em meu auxílio, sintome feliz de poder hoje apresentála ao respeitável público, pedindo a todos, a cujas mãos chegar, não deixem de percorrer suas páginas até ao fim.

Ai encontrarão motivos bastantes para reformar sua vida, tomar resoluções de melhor servir a Deus e santificar o resto de seus dias neste mundo.

Esta é uma das mais preciosas obras de Sto. Afonso Maria de Ligório, doutor incomparável na mo-ral, notável no dogma e na controvérsia, um dos principais mestres da vida espiritual.

É uma obra cheia de doutrina segura, segura e venerada por todos os que tratam da matéria, excedendo a quase todas as deste gênero pela sua clareza e profundidade.

O Santo Autor a publicou em 1760, tendo já atingido a idade de 64 anos, em pleno desenvolvimento da experiência, ciência e virtudes, para tratar como verdadeiro mestre de matérias tão delicadas e tão sublimes.

Esta obra tem sido traduzida em quase todas as línguas do mundo católico, e isto mostra quanto tem sido estimada de todos, não só dos religiosos, senão também dos seculares.

Se, como diz o Santo Autor, pode aproveitar a todos, convém maravilhosamente aos eclesiásticos encarregados da direção das almas que aspiram a perfeição.

O Santo escreveu num tempo de muitos abusos nas Ordens regulares, sobretudo no reino de Nápoles, onde vivia; por isso ninguém estranhe que os profligue com uma veemência à sombra dos governos civis, felizmente desapareceram , em nossos dias.

Tendo, nos últimos anos se multiplicado, de um modo prodigioso, em nosso país, as Congregações religiosas, espero que esta tradução seja bem aceita por todas, não obstante seus inúmeros defeitos, e lhes faça algum bem espiritual.

Em vista da pronunciada tendência de tudo se nacionalizar, na nossa época, confio que todos deixe de parte as traduções em língua estrangeira para adotar esta que ora ofereço a todas as classes de pessoas aspirantes da perfeição.

Antônio Alves Ferreira dos Santos

Contenido relacionado

Registrese para recibir notificaciones sobre nuevos libros.

Necesitamos su ayuda para mantener este sitio, si esta en sus posibilidades puede ayudarnos a través de los siguientes gestores de donativos. Muchas gracias.

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *